sábado, 27 de novembro de 2010

O planeta é dos gordinhos!

Ter um filho gordinho já motivo de orgulho para as famílias,
sinônimo até de saúde há algum tempo atrás.
Agora preocupa pois o gordinho de hoje pode ser o obeso de amanhã.
Muitos de vocês devem se lembrar das pessoas quando visitam nossas
famílias e diziam que se estava acima do peso era sinal de saúde
e ser magrelo era sinal de que não estava com saúde. Rsss.
Os tempos mudaram e hoje a realidade é vista como deve ser.

Existem muitos inimigos para as crianças, mas o sedentarismo é o pior deles
pois as crianças não andam mais de bicicleta porque é perigoso
circular pelas ruas, passam horas grudadas na tv ou plugadas na internet,
e entendem hora do recreio como "hora de comprar lanches".


Vi uma reportagem da Unifesp que diz que, se a criança tiver
um dos pais obesos ela já tem de 30% a 40% de chances de vir a ser também,
e se caso os dois forem obesos essa chance dobra.


Se Nutrição é considerada uma disciplina nas faculdades por que
não termos como matéria escolar para as crianças
acho sim que nosso país precisa de mudanças agora para melhorarmos
a qualidade de vida dessas crianças no futuro, para que mais 
a frente elas não precisem passar por uma reeducação alimentar.


Meninas(os)  preciso dividir algo com vcs
dia 12/12 - Domingo haverá um encontro dos blogueiros
e vai ser no Paque do Ibirapuera em São Paulo não tem como perder, quem está
organizando é a Lilith deêm uma passada no blog dela e vejam
como fazer para participar :



20 comentários:

Bruxa do 203 disse...

Ih! Na minha casa não era assim, não. Eu cresci ouvindo "essa menina tá gorda, precisa fazer ginástica para perder a barriga". rssss

Paula Nunes disse...

Nossos valores estão mudando muito rápido e precisamos nos adequar a eles...e isso nos torna cada vez mais prisioneiros de nós mesmo.

Kiss

carla disse...

Olá querida, é verdade eses conceitos mudaram e muito, precisamos ensinar nossos filhos desde pequeninos a se alimentar d maneira saúdavél beijocs e bom fds.

Juliana Morini disse...

oie... q legal q vai ser esse enotro heim..

queria ir.. mas como? naum tem jeito... longeee...

mas bom encontro pra vc!!

bjos e lindo sabadooo

Aline disse...

ola querida
por isso que to tentando mudar minha mente pra mudar meus filhos
otimo fim de semana
bjkas♥♥

Akasha Taltos disse...

Sempre fui abaixo do peso na infância. Todos riam de mim e me obrigavam a comer. Todo mundo só vai ao cluve se "ela" (eu) comer tudo que está no prato. E lá ia eu comer sem vontade, à força mesmo, empurrando comida abaixo. Resultado? Aprendi a comer sem fome. E para mim comer tudo era sinal de recompensa. Agora todos que fiquei adulta todos me condenam. Bjks

Bruna disse...

Sedentarismo + maus hábitos alimentares são os culpados da obesidade.
Que bacana esse encontro no Ibirapueira..
Depois quero vê fotos.
bjos

http://wonanchic.blogspot.com/

Uma Futura Magra disse...

Olá, Lucy!
Essa é uma realidade preocupante. Meus filhos são magros, como eu também sempre fui até entrar na fase adulta, mas desde já os oriento quanto a necessidade de uma alimentação balanceada.Tenho conseguido resultados!
Sobre o encontro, eu adoraria, mas moro longe e como é fim de ano fica mais difícil.
Quem sabe numa próxima vez?
Beijos!

Mirian disse...

Quando criança e adolescente era magra e meu pai e minha mãe são magros até hoje, sem falar do meu irmão que é bem magrelo e come bem...
Mais eu sou a "ovelha negra" da familia Kkkkk.
Nem sempre estastisca acerta, e apesar de meu marido também ser obeso minha filha tem peso normal (ainda bem se não era mais uma pra sofrer com dietinhas)
Otimo domingo,
Bj....

Dietando.com disse...

Oi querida, é minha primeira visitinha aqui.
Nenhum dos meus pais é obeso, e eu preciso reverter essa situacao comigo :/

eh tao dificil neh? ai ai

Juli

Selma disse...

Vc tem razão eu mesma sempre fui cheinha qdo criança e meus pais achavam que eu era saldavel. Hoje vivo brigando com a balança. Bjos

Tati disse...

Tem selinho pra vc no meu blog... Pega lá... Bjs...

VIVI - VENCENDO CADA DIA!!! disse...

Oie amiga,

Eu estou passando este probleminha com meu filho que está acima do peso..e o levei no médico e ele precisa perder 6 quilos.E me vi meio culpada, tem hora que faço a vontade dele e isso agora tem que ser medido!!

beijos e bom domingo

Gabriella disse...

Meu sonho era ir num encontro desses, mas morar longe é fooooda kkkkkk
Adorei a reportagem e acho também que deveriia ter a matéria nutrição na faculdade, pq na minha não tem, e nas escolas, pra ver se assim diminuímos o número de obesos e sedentarismo.
Beijãão flor :*

Diane Lorde disse...

Meu rebento esta com 13 meses e já comeu até jiló nesta vida, vou lutar até o fim para que ele sempre tenha uma alimentação saudável e principalmente mantenha distância de porcariadas engordativas, tomara que eu consiga!

SANDRA REGINA disse...

EI, AMIGA. HA TEMPOS QUE NÃO NOS FALAMOS.
MUITO BOA OBSERVAÇÃO QUE VC FAZ NESTE POST SOBRE AS MUDANÇAS DE HABITOS DAS NOSSAS CRINÇAS. É PURA VERDADE.MINHAS FILHAS NUNCA TEM UMA ATIVIDADE EM MOVIMENTO,SEMPRE TV, PC, MESA, SOFA, CAMA. AFF. AINDA BEM QUE A ALIMENTAÇAO AQUI EM CASA É PRA TODO MUNDO IGUAL. ESTOU EM OBSERVANCIA SEMPRE COM O QUE TENHO NA GELADEIRA E PONHO Á MESA.

MUITOS BJINHOS E BOA SEMANA

Rosângela Massoterapeuta disse...

Oi Flor
Uma ótima segunda-feira light para vc!
Que pena que não moro em SP para participar do encontro ;)
Beijosssssss

*Lela* disse...

É preciso ter cuidado com o que se come, desde pequeno. Quando não fazia R A, era preocupada com a qualidade dos alimentos e em oferecer opções integrais, frutas, menos refri e menos química nos alimentos pros meus filhos. Valeu sim; não são gordos, teem disposição e graças a Deus, muita saúde

Valeo alerta!

Boa semana

carla disse...

Obrigada querida pela visita, e pelo incentivo, uma ótima semana pra vc, beijos.

Dani disse...

Minha avó amava me dizer que eu era gorda, forte..isso prá ela era saúde.
Coitadinha.
Depois veio a obesidade..e já viu.
Triste ver crianças já assim deste jeito.
Mães cuidem dos seus filhos!!!
beijo