sábado, 9 de outubro de 2010

É de pequeno que se aprende ...

Pode até parecer um pequeno problema, mas posso  garantir a vocês que
é um problema de grandes proporções.
Vemos muitas crianças lindas, aparentemente saudáveis,
mas também vemos crianças muito acima do pesoe tantas outras
obesas já, e isso me faz pensar em algo que escuto sempre dos pais dessas crianças :
" Ah ...fiquem tranquilos ela terá muito tempo pra
emagrecer ainda é jovem." Será???


Mas quantas de nós que estamos aqui hoje nessa luta
contra o excesso de peso não fomos
crianças gordinhas... e ficamos vendo o tempo passar e ninguém nos ajudou.
Infelizmente hoje os hábitos familiares mudaram,
e as famílias quase não praticam exercícios, as escolhas de alimentos
são sempre pelos tais "fast foods",


sendo justificados pela falta de tempo.
Se comer bem é questão de hábito e educação alimentar,
culpo em muitos quesitos as mães e o pais dessas crianças que não
lhes oferecem, nem lhes ensinam sobre os alimentos saudáveis...
Até pq aprendemos muito com o que vemos, precisamos de exemplos quando pequenos
mas se estamos em meio a uma família sedentária


o que teremos para aprender...
Pensem por favor no que essas crianças podem acarretar de ruim como
doenças, imaginem que muitas delas já passaram por
dietas totalmente restritivas e tantas outras que têem em sua rotina diária a
obrigação da prática de exercícios para poderem sobreviver...
Sem falar em que ela vai ter sérios problemas para se relacionar, na escola então são sempre alvos de brincadeiras maldosas depois viram adultos com muitos problemas....
Vocês acham isso justo... eu não !!!





35 comentários:

Lú Pinheiro disse...

Amiga linda do meu coraçãozinho em frangalhos rs...
olha isso eu prcebo e corrijo a minha filha, ele tem 3 aninhos tem um corpinho já bonito, e tem coxinhas grosas, bumbum ggzinho e eu corto tudo que possa fazer ela engordar, menos açucar, menos gordura, muitas frutas e legumes, e graças a Deus ela gosta muito de "matinho" como ela chama as ortaliças...
não quero que ela sofra com o peso como eu sofri... se a minha mãe tivesse cortado na minha infancia talvéz eu não teria engordado tanto...
bjs flor

Isa* disse...

Enquanto passava no shopping semana passada. vi no Mc varias crianças gordinhas. comendo felizes seus hamburgers gordurosos. e pensei exatamene q nem você. O q me deixa mais triste é q na mioria das vezes os pais não sabem o mal q estão fazendo.
espero q consiga mudar essa realidade com meus filhos. bjos flor =**

VIVI - VENCENDO CADA DIA!!! disse...

Oie amiga,

Este post me fez pensar nos meus pequeninos, pq eles, não comem o que é devido...que é salada e não sei como fazê-los comer...o menor até que come mais que a minha maior!!!
E sei que se não tomar uma atitude drástica agora, vão ser adultos obesos e não é o que eu quero pra eles!!

beijoe e um bom feriado!

Pati...Vida e Saúde! disse...

Ótimo post... a preocupação com alimentação deve começar desde criança!
Bjus e bom findi.

Gi poderosa disse...

Nossa seu post descreveu o que passo com meu filho.
Ele tem 7 anos e obesidade infantil, 12 kg a mais do que o normal, veste roupa p 14 anos já...e ele sofre muitoooo, chora pq os amigos chamam ele de "teta, orca",, começou tratamento e esta indo muito bem, mas isso é um assunto muito serio mesmo, pq não adianta pensa que qdo for jovem vai emagrecer, pq a grande maioria não emagrece, pelo contrario só engorda mais e mais,,e eu não quero ver ele sofrer....


Estou lutando por ele e por mim,e vamos vencer
bjs flor e um lindo feriado p vcs
bjsss

Daniele Brito disse...

É verdade, desde pequenos, já sofremos com esse problema...
Mas nada que uma alimentação, controlada pelos pais, que tem o DEVER de incentivar os filhos a terem uma alimentação adequada e muito nutritiva.
Obrigada pela visitinha no blog, vou vir sempre aqui...
Beijocas

mikaella disse...

TEM TODA RAZAO ! SE EDUCAMOS E CUIDAMOS DESDE PEQUENOS TEREMOS ADULTOS SAUDAVEIS!BEIJOS E LINDO FDS!!!

Lu Sant'Anna disse...

Nossa! Amei seu blog!!! Achei minha cara rs!
Não tem como nçao seguir né!!! Parabens!
Depois passa lá no Pecado Vaidade! Se gostar, comenta e me segue tmb!
=]
Bjim
http://pecadoevaidade.blogspot.com

eydy disse...

eu também acho que quando mais cedo se cuidar da alimentação melhor
afinal serão menos problemas na fase adulta
bjim e bom fds

Escrever para Emagrecer disse...

oi, querida!

Eu postei sobre esse assunto na semana passada, pois há tratamento gratuito em SP para crianças obesas. Se vc puder divulgar aqui, seria legal. Também fui criança gorda e sofri muito durante toda minha vida.
http://escrevepraemagrecer.blogspot.com/2010/10/divulguem-obesidade-infantil-tratamento.html

Bjs,

Solange

"MAGRAvilhosa" disse...

Olá!
Sou professora do ensino fundamental I em São Paulo (leciono para alunos de 9 anos)e é com MUITA tristeza que constato a falta de cuidados com a alimentação das crianças. Embora a Prefeitura forneça merenda (almoço, na realidade), onde há sempre cardápios balanceados com proteínas, carboidratos, legumes, saladas e frutas como sobremesa, há mães que acham mais fácil dar dinheiro para que os pequenos comprem pacotes de salgadinhos do tipo "Porkarito's", "Fedorito's" e refrigerantes...ou seja, troca-se uma dieta nutritiva por calorias "vazias" (alimentos calóricos, sem nutrientes)repletas de sódio e corantes.
nas reuniões com os pais, alerto para este aspecto, que é deliberadamente ignorado no dia a dia.
Lamentável...

Alexandra disse...

Sinceramente acho que se há muitas crianças obesas a culpa é 90% dos pais...
Abraços :)

Gabriella disse...

Aii nem fala, mas EU não culpo meus pais.Sempre tive minhas escolhas bem abertas, não que eu tenha sido uma criança mimada e cheia de vontades, mas a minha mãe sempre me deixou bem claro as escolhas que eu podia tomar e que consequencias poderiam acontecer, sempre fiz as minhas escolhas desde pequena, e sinceramente, quem decidiu não mais ir a nutris e endos fui eu. HOJE, arco com as consequencias dos meus atos, amo meus pais, e não os culpo.
MAS infelizmente, tem pais tão paranóicos com o filho não ser gordo que acabam tornando o filho paranoico e essa criança se torna anorexica, tem que ter muuuuuito cuidado ao criar um filho e mostrar pra ele como tudo pode ser diferente =]
Adorei o post
beijão :*

Domanski disse...

OI LINDA,ESTOU TENTO CORREGIR MINHA FILHA DESTE JÁ,ELA TEM 10 ANOS E TEM UMA TENDENCIA A ENGORDAR,JÁ QUE É GENETICO.rsrsr,QUERIDA BJINHOS.

Cacau disse...

Vdd, esse é um assunto extremamente delicado e preocupante. Aqui em casa eu tento fazer de tudo e ensiná-los sobre nutrição, desde cedo.

bjsssssss

**Má** disse...

Adorei seu post... tenho um filho de 4 anos e mto me preocupo com isso, por que tendencia é tendencia... E filho de gordinha não vai ser esquelético... Agora ele ja deu uma emagrecida ou uma esticada, mas tem que tá sempre de olho... Se deixar come só besteira... E hoje é lindo, gordinho, fofinho... amanhã é rolha de poço, chupeta de baleia e coisas do genero!!!
Beijinhos e um ótimo domingo

Cindy disse...

Olá amiga...

Que bom vc ter gostado do post, e obrigada pelas palavras! E estou aqui te retribuindo tanto carinho, vc parece ter muita luz!!!

Quanto a alimentação sem nutrientes de nossas crianças isso é um fato muuito triste, pois percebemos as escolhas deles, mas isso condicionado ao que os pais propiciam para sua alimentação. O que acontece são crianças cada vez mais cedo obesas.

.Bj

Akasha Taltos disse...

Vc tocou em um assunto muito importante, Gostei do post. Bjks

Michel disse...

Obrigado pela sua visita. E obrigado pela força.
Bjao.

Caroline Silva disse...

Olá, já estou te seguindo... =)
Eu desde criança me alimento mal, e agora to correndo atrás... emagreci 8 kilos já em +/- 3 meses, mas ainda falta mto pra chegar no meu peso ideal... mas nd é impossível, e o mais importante é ter a saúde em dia...

Bjos.

Pati disse...

Oi amiga!!!
Adorei seu post! Super útil!
Olha...Eu sempre fui uma criança gordinha...
Mas engordei mesmo na adolescência, quando eu já era beeem crescidinha!
De todo jeito, temos que ficar de olho!
Quando eu tiver filhos, com certeza ficarei!
Beijos e boa semana!

Cynthia disse...

Oi querida, obrigada pelo carinho e pelos recadinhos no meu blog.
Concordo com vc, sempre fui uma criança gordinha e sempre sofri preconceito com isso.
Nunca tive força de vontade para emagrecer e sempre 'mimada com comida' pelo meu pai e acostumada a crescer com os excessos de comida da minha mae, acabei chegando aonde estou.
Mas podemos reverter essa situação.

Bjos e boa semana
Cynthia

Rosângela Massoterapeuta disse...

Oi Flor
É verdade, temos que ensinar nossos pequenos a ter uma alimentação saudável!!
Um ótimo dia light para vc!
Beijossssssssss

Carlinha disse...

oi flor

obrigada pela visita

amei seu blog

bjoss

Lu disse...

Oi Lucy, fui uma criança obesa e excluida na escola, nas festinhas, já superei porém o tempo não volta, tem que cuidar da alimentação das crianças sim, e não acho justo os pais deixarem chegar a esse ponto, qdo vou almoçar no shopping e vejo crianças almoçando mac donalds, tenho vontade de baterrrr numa mãe dessas, muita negligência com a saude da criança, mas, espero que isso mude.
Muito bom o post.
Bjs
Lu

Ana Laura Soares disse...

eu era uma criança super obesa sabia? passei por maus bocados quando descobri que tava quase na diabetes. e minha irma ta indo pelo mesmo caminho, só que ela nao consegue emagrecer, coisa que pra mim sempre foi mais fácil.

Mili disse...

É isso ae, o comportamento e os hábitos começam de criança!
Passando pra deseja ruma super semana. Beijos

Regina disse...

Oi flor
Eu parecia maluca quando tinha os filhos pequenos, controlava até quantos biscoitos iam comer, mesmo assim minha filha hj com 22 anos vive de dieta e com 1,50 de altura pesa 58 kg...mal de familia ser obeso...affff
Uma bela semana.
beijos

Juliana Morini disse...

oie... amiga... e abrigado por estar sempre presente la em meu blog..

dando força umas as outras... assim vamus indo né..

e a obsidade infantil é duro mesmoo né.. eu naum tenho filhos ainda.. quem sabe um dia.. mas controlar o q eles levam a boca é essencial ne..

bjao e lindo finalzinho de segunda

Juliana Morini disse...

oie.... como anda as forças por aki....

hj feriadao.. nada de jacas...

certo?

so passei por aki pra ver se vc tinha postado...

mas pelo jeito vc ainda naum passou por aki..

mas tambem... oito horas da manha em pleno feriado... ah fala serio né...

bjao linda... e força q juntas podemos tudooooo

Aninha disse...

Que martéria bacana...adorei!!Super beijo e bom feriado!

Cristiane disse...

concordo plenamente com vc!!
quando vejo aquelas crianças obesas, fico pensando na responsabilidade dos pais, que devem comer tanta porcaria e dao mal exemplo. Espero que haja conscientização para que, ao crescer, nao enfrentam problemas mais serios.
eu sei como é dificil emagrecer!
bjs, Cris

Clarissa disse...

Muito lúcido seu post.
É preciso encarar a parte que nos cabe nessa estória toda.
Ontem foi o Dia Internacional de Combate à Obesidade - que eu, sinceramente nem sabia que esxistia, e já existe desde 1997! - e, pesquisando para fazer um post a respeito, fiquei chocada com os contornos de epidemia que a "doença obesidade" (como insistem em alertar os especialistas) já tomou.
O assunto é sério, e a realidade é dura.

Anabela disse...

Oi minha querida!
Obr pela tua visita no meu cantinho.
Volta sempre!
Com amigas do nosso lado a gente vence!
Mil bjs

Mαrtα disse...

Oi :)

Muitointeressante o teu blog, já estou a seguir! Obrigada pelo comentrário de carinho e força!

Feliciadades, Beijinhos*